O Distrito do Esporte é um oferecimento de

Danilo Queiroz, para o Correio Braziliense

Com uma missão bastante difícil, o Ceilândia encara, nesta quarta-feira (24/1), a primeira decisão da temporada 2018. Em jogo válido pela fase preliminar da Copa Verde, o Gato Preto recebe o Corumbaense-MS, às 16h, no Estádio Abadião, em duelo que decidirá o classificado para a próxima fase. Na partida de ida, o time sul-mato-grossense venceu o alvinegro por 3 x 1.


Para avançar à próxima fase, o Ceilândia precisa vencer por mais de um gol de diferença. Se o alvinegro devolver a derrota pelo mesmo placar, o duelo será decidido nos pênaltis. Qualquer outro resultado garante o Corumbaense na próxima etapa.


Além do adversário, o desgaste é um dos maiores desafios que o Ceilândia terá de superar para conseguir a classificação. Após duas longas viagens, o elenco teve apenas dois dias para se recuperar visando o duelo decisivo. Os jogadores chegaram ao DF na manhã de segunda-feira e tiveram o restante do dia de folga. Na terça (23/1), o técnico Adelson de Almeida realizou os últimos preparativos para a partida. Machucados, Dim e Ronam seguem como desfalques.


No Corumbaense-MS, o técnico Douglas Ricardo deve repetir o time do confronto de ida, escalando o trio ofensivo que deu bastante trabalho para a defesa alvinegra, com Guilherme, Geraldo e William. Para chegar a Brasília, o elenco fez um caminho maior que o enfrentado pelo Ceilândia no translado para o jogo de ida, já que precisou realizar uma escala em Guarulhos (SP).


A Copa Verde de 2018 tem 18 equipes. O Brasília já conquistou o título, em 2014. O campeão deste ano terá vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019 e poderá embolsar uma premiação de até R$ 2,5 milhões.


Torcida liberada

Após correr o risco de ter de jogar a partida decisiva com portões fechados, o Ceilândia conseguiu resolver as pendências que impediam a liberação do Abadião, terça-feira, e a torcida alvinegra poderá comparecer para o duelo contra o Corumbaense. A informação foi confirmada pelo clube.
O problema que impedia a liberação de público estava relacionado à instalação de para-raios na arena, uma exigência feita pelo Corpo de Bombeiros. Inicialmente, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) havia estabelecido que o clube deveria regularizar os laudos até sexta-feira (19), mas o prazo foi estendido.
A terça foi movimentada no Gato Preto, que também anunciou a contratação do veterano meia-atacante Allan Dellon, que foi bicampeão candango pelo clube.
O Distrito do Esporte é um oferecimento de

Comente

Please enter your comment!
Please enter your name here