O Distrito do Esporte é um oferecimento de
Após repensar decisão, o lateral-esquerdo tentará dar novo fôlego na carreira pelo Anapolina
Foto: Arquivo Pessoal/Bruno Oliveira
Após anunciar a aposentadoria do futebol depois da disputa do Campeonato Candango de 2019, o lateral-esquerdo viveu uma reviravolta e resolveu seguir com a carreira, pelo menos até o fim do ano. O motivo da decisão, porém, traz uma notícia ruim para o Luziânia. Após acertar com o azulino para o torneio local, o jogador resolveu aceitar a proposta do Anapolina e deixará o Igreja.
Segundo o jogador, a estabilidade oferecida pelo time goiano o fez repensar a decisão e estender um pouco mais a carreira. Em 2019, o Colorado terá um calendário cheio, com a disputa do Campeonato Goiano, da Copa do Brasil e da Série D do Campeonato Brasileiro. Além disso, a oferta dos rubros é três vezes maior do que Bruno receberia no Luziânia.
“Anápolis não é tão longe e poderei continuar perto da minha família. O Altos-PI também chegou a me procurar, mas a distância me fez recusar a proposta”, destacou o lateral-esquerdo de 28 anos que atua há 12 anos como profissional. Durante esse tempo, ele passou por diversos clubes no futebol local e venceu duas vezes a Segunda Divisão do Distrito Federal.
Assim que recebeu a proposta, Bruno fez questão de comunicar ao Luziânia. O time azulino ressaltou a vontade de manter o jogador, mas o liberou por não ter condições financeiras de cobrir os valores oferecidos pelo Anapolina. Apesar da saída, o lateral-esquerdo fez questão de, mais uma vez, destacar seu carinho pelo clube.
“É uma proposta muito boa e não tem como recusar. Agradeci muito ao clube, mas agora posso ter a garantia de ter um calendário cheio e continuar em atividade durante toda a temporada de 2019”, acrescentou. O início dos treinamentos com a nova camisa será nos primeiros dias do próximo mês de janeiro.
O Distrito do Esporte é um oferecimento de

Comente

Please enter your comment!
Please enter your name here